O Sal e o Organismo

 

Este sal natural é facilmente absorvido pelo organismo, pelo seu equilíbrio existente na água do mar relativa aos seres vivos. Numa solução aquosa de 60grm por litro, obtém-se uma mistura em que os sais minerais e micronutrientes destes tipos de sal estão na mesma proporção em que os encontrados no líquido amniótico e no plasma sanguíneo, facilitando e ajudando o metabolismo dos seres vivos. O magnésio é estimulante do sistema nervoso central e o baixo nível de sódio existente, neste sal, não é tão nocivo à tensão arterial e é também um estimulante dos músculos nos quais o coração se inclui. O Iodo natural assimilado do sal é benéfico aos seres vivos sem os prejudicar.

 

 

Uma pequena Apresentação que não é da minha autoria, mas que resumo os benefícios que o Sal marinho traz para o organismo comparando com o sal tratado que tem baixo custo mas que é prejudicial à saúde. 

 

Importância ao pormenor Iodo natural no organismo

 
 
O nosso sal e flor de sal como produtos artesanais que são, são ricos em diversos minerais, como os nossos visitantes podem visualizar pelas nossas análises, realizadas num reconhecido laboratório alimentar françês. Em contrapartida o sal de mesa mais utilizado e  mais comum, é vendido de forma muito mais barata nas superfícies comerciais. Este não é natural, mas sim resultante de um complexo processo industrial que, através de elevadas temperaturas e banhos sucessivos, retira do sal marinho natural quase a totalidade dos seus minerais, restando apenas o cloreto de sódio, ao qual são acrescentados vários compostos químicos artificialmente.
O primeiro mineral que vamos abordar nesta informação adicional no nosso blog é o Iodo.
O Iodo (I) é um  mineral muito abundante na água do mar que consequentemente fica retido nos cristais formados aquando da evaporação da água do mar que entra directamente nos nossos cristalizadores. 

 


Esquema dos cristalizadores
Este Iodo entre outros factores é fundamental na produção de hormonas da tiróide, portanto o consumo deste mineral no organismo é imprescindível.   
Em adultos normais as duas principais hormonas da tiróide, chamadas de T4 (tiroxina) e T3 (tri-iodo-tironina), possuem iodo em suas estruturas e um mínimo de 70 microgramas de  iodo devem ser ingeridos para que não se interrompa a síntese de T3 e T4 pela glândula tiróide. 
Uma deficiente nutrição em Iodo pode causar doenças como o bócio, o nascimento de crianças com deficiência cerebral, falta de crescimento, dificuldades auditivas e falta de hormonas da tiróide. Portanto este é um mineral importante para o funçionamento do nosso organismo. Mas é claro tudo o que é em execesso também pode prejudicar, portanto só um regular consumo é o ideal.

 

 
representação esquemática da síntese de hormonas da tiróide

 

 

NOTA: AS FOTOGRAFIAS APRESENTADAS SÃO DAS SALINAS E DOS COLABORADORES DESTE PRODUTOR, FOTOGRAFADAS POR ELE NA SUA PROPRIEDADE. SE JÁ AS VIU EM BROCHURAS, SITES OU OUTROS MEIOS de PROMOÇÃO DE OUTRA EMPRESA, É ABUSO DE CONFIANÇA SEM ALGUM TIPO DE AUTORIZAÇÃO, À EXCEPÇÃO DE EMPRESAS ONDE O PRODUTO SE ENCONTRA À VENDA.